Ações Sociais

Os trabalhos de cunho social do Instituto das Religiosas do Sagrado Coração de Maria, nasceram por meio do fundador, Pe. Jean Gailhac (1802-1890), antes mesmo da constituição da congregação, com o Refúgio Bom Pastor: um espaço para mulheres em situação de prostituição e os filhos, em Béziers, cidade ao sul da França. Concretizar ações de cunho social em defesa da vida e para a emancipação das pessoas encontra-se no cerne do Instituto das Religiosas do Sagrado Coração de Maria, mesmo antes da fundação.

Desde a chegada ao Brasil, em 1911 as Religiosas SCM realizam trabalhos sociais em diversas esferas. Sempre com o olhar atento, zelosas e sensíveis, para as necessidades e possibilidades de cada época. Assim, as ações transformam-se.

Um exemplo interessante aconteceu no Rio de Janeiro: em 1920 instala-se o “Orfanato Menino Jesus” junto ao Colégio SCM, Alguns anos depois torna-se um Juvenato para acolher jovens em discernimento vocacional. Em seguida altera-se para “Escola Gratuita Padre Gailhac” voltada para a educação de crianças das periferias próximas. Na década de 60 além da escola gratuita para as crianças, cria-se também a “Obra Social Padre Gailhac” com ações noturnas o foco era a preparação profissional de adultos, em seguida tornou-se supletivo. Na atualidade, é a Educação de Jovens e Adultos que acolhe, semestralmente, cerca de 200 pessoas.

Hoje, para atender e concretizar a missão de Pe. Gailhac, em conformidade com as políticas públicas contemporâneas, as Religiosas possuem unidades socioassistenciais mantidas (Projetos Vida e CEC Bom Pastor), que atuam na proteção de crianças e adolescentes; e unidades socioassistenciais assessoradas que recebem apoio técnico e financeiro para desenvolver ações com crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos, dentre estes, pessoas em situação de rua e mulheres em situação de prostituição.

A missão do trabalho social das Religiosas do Sagrado Coração de Maria é: desenvolver, em defesa da vida, ações efetivas e articuladas na área da Assistência Social, fundamentadas em valores éticos e cristãos, junto às pessoas em situação de vulnerabilidade e risco social, promovendo o acesso a direitos, o protagonismo, a cultura da solidariedade e o compromisso com a transformação social.

REAJE

Rede de Ação Junto aos Excluídos

Setor que responde pela política de Assistência Social no Instituto das Religiosas do Sagrado Coração de Maria. A REAJE fortalece, articula e tece redes, junto às unidades socioassistenciais assessoradas e mantidas, em defesa da cidadania e da vida.

Boletins REAJE




Agosto

Visualizar

Julho

Visualizar

Junho

Visualizar

Maio

Visualizar

Abril

Visualizar

Março

Visualizar

Fevereiro

Visualizar

Entre em Contato